14 de junho: Día mundial do doador de sangue

PAE

PAE

dar sangre

O Dia Mundial do Doador Voluntário e Altruísta de Sangue é uma oportunidade para a população participar da celebração mundial que procura promover uma maior conscientização sobre a necessidade da doação de sangue regular, voluntária e não remunerada e a importância para garantir o fornecimento de sangue a todos os pacientes que precisam de transfusões.

Tudo sobre doação de sangue.

Por que devemos doar sangue?

Um sangue seguro salva vidas. O sangue é frequentemente usado para tratar mulheres com complicações na gravidez, também crianças com anemia grave, vítimas de acidentes e pacientes submetidos a cirurgia ou que sofrem de câncer. Existe uma necessidade constante de um fornecimento regular de sangue porque o pode ser armazenado apenas por um tempo limitado antes de ser usado. A doação regular por um número suficiente de pessoas saudáveis ​​é necessária para garantir sua disponibilidade quando e onde for necessário.

O volume de sangue extraído é de 450 mililitros, ou menos de 10% do volume total de sangue do doador (um adulto médio tem 4,5 a 5 litros de sangue). Seu corpo irá repor o fluido perdido dentro de 36 horas.

Quanto sangue é extraído?

Somente pessoas que reúnam boas condições para isso serão aceitas como doadoras de sangue. Saúde e bem-estar são muito importantes para ser doador. A água e a bolsa utilizada para o procedimento vem em um recipiente estéril que não pode ser reutilizado garantindo a segurança.

É doloroso?

O que você deve sentir é uma pressão suave, mas não uma dor. Doar sangue é totalmente seguro e não é comum ter um desconforto ou algum problema durante, ou após o procedimento.

Com que frequência você pode doar?
Pode doar a cada 2 meses. No caso dos homens, podem doar 4 vezes por ano e se forem mulheres 3 vezes por ano, sem que nenhum prejuízo à saúde.

Mitos e realidades da doação de sangue

  • Mito: Quem tem tatuagem não pode doar sangue. Realidade: Sim, podem doar depois de um ano desde a data em que a tatuagem foi feita, isso porque depois de um ano é possível detectar qualquer inconveniente que o doador tenha.
  • Mito: Já doei, não posso mais doar. Realidade: Você pode doar a cada 3 meses para homens e a cada 4 meses para mulheres.
  • Mito: Os idosos não podem doar. Realidade: Os idosos podem doar até os 65 anos, desde que estejam saudáveis ​​e não tomem remédio.

 

Realidade. Os idosos podem doar até os 65 anos, desde que estejam saudáveis ​​e não tomem remédio.

¿Te gustó este artículo? Compártelo en tus redes sociales
LinkedIn
Facebook
Twitter
WhatsApp
Email
logo pae

Contate-Nos

Ciudad de México, México

Nossos serviços
Servicios Adicionales
Assine nosso blog, lá vamos te passar informações sobre saúde emocional, dicas de nutrição, atividades físicas e muito mais.
Call Now ButtonLlámanos