Dicas emocionais para o equilibrio da sua vida

PAE

PAE

jovenes relajados

Pode parecer contraditório, mas as respostas emocionais que todas as pessoas têm podem se tornar úteis para conseguir um equilíbrio em nossas vidas, só que para isso precisamos aprender para que servem e, porque elas aparecem em nós.

O que são as emoções?

As emoções são respostas fisiológicas e geralmente vem com pensamentos sobre a situação, pode ser tanto positiva quanto negativa, isso depende do jeito em como a pessoa vê, depende da individualidade (história pessoal). Na maioria das vezes, a emoção “positiva” da felicidade e não costuma causar estragos, mas as emoções “negativas” ou  aquelas que são mais difíceis de entender para que servem. Vamos explicar de um jeito simples cada uma delas:

  1. A tristeza aparece nas pessoas como uma resposta a uma situação de tudo sobre alguma coisa ou alguma pessoa, e mesmo quando nossas expectativas não foram cumpridas. Essa tristeza, quando prolongada, pode se tornar um problema como a depressão, mas nem sempre chegamos a esse ponto.
  2. A raiva pode aparecer em qualquer pessoa perante uma situação de possível ameaça, injustiça, ou para defender a si mesmo, a outra pessoa ou a uma causa. Se a raiva sair de controle, pode trazer consequências desagradáveis ​​para o indivíduo, pois, apesar de uma injustiça, nem sempre é conveniente expressá-la de forma agressiva (ou naquele momento), pois, pode ter repercussões sobre a pessoa e seus objetivos.
  3. O medo geralmente surge nas pessoas quando elas percebem uma situação de perigo ou incerteza. Como consequências negativas pode aparecer uma paralisia do corpo, tentar fugir da situação ou até mesmo, desmaiar em ocasiões onde não necessariamente impliquem um perigo iminente à vida da pessoa ou que exijam ações opostas para o benefício da pessoa.

Então, quais são os benefícios das emoções e como podemos usá-las para equilibrar nossa vida?
Assim como explicamos neste artigo, tudo é uma reação a situações que cada ser humano vivencia, elas são normais, portanto, se começarmos a tratar como normais as emoções que surgem no nosso dia a dia, e também ouvir o que elas querem nos dizer, podemos decidir com mais informação qualquer situação.

Por exemplo:

  • Sentir tristeza por não ter conseguido atingir um objetivo te ajuda a valorizar a importância disso; você pode usar mais tarde como um foco principal para tentar fazê-lo novamente.
  • Sentir raiva pode te dizer quando um acordo que você fez com seu chefe, companheiro ou algum membro da família parece ser injusto. Com o anterior e pegando só as informações que lhe dão raiva te deixam agir adequadamente e expressando suas necessidades com eles.
  • Sentir medo pode indicar que você deve tomar alguma precaução em qualquer risco financeiro que assumir. O anterior, tomando as informações que lhe dá sobre o que pode acontecer você pode tomar o risco, mas com precauções.

Conclusão:

As emoções são importantes, porque diante de uma determinada situação, nos avisam o que pode estar acontecendo no ambiente ao nosso redor. Novamente, uma emoção não é necessariamente boa ou ruim, ela apenas nos diz o que esta acontecendo ao nosso redor.

¿Te gustó este artículo? Compártelo en tus redes sociales
LinkedIn
Facebook
Twitter
WhatsApp
Email
logo pae

Contate-Nos

Ciudad de México, México

Nossos serviços
Servicios Adicionales
Assine nosso blog, lá vamos te passar informações sobre saúde emocional, dicas de nutrição, atividades físicas e muito mais.
Call Now ButtonLlámanos